Prémio Strega 2009 para Tiziano Scarpa

O ficcionista, poeta e dramaturgo Tiziano Scarpa (n. 1963) acaba de vencer a edição deste ano do Prémio Strega com o romance Stabat Mater, editado em 2008 pela Einaudi, uma «narrativa intimista e de profunda respiração poética», protagonizada por uma aluna do compositor Antonio Vivaldi, na Veneza da primeira metade do século XVIII.

Como este vídeo revela, Scarpa ganhou por uma unha negra (119 votos contra 118) o duelo com outro dos finalistas: Il bambino che sognava la fine del mondo, de Antonio Scurati (Bompiani). Aparentemente, foi o voto da Società Dante Alighieri que fez a diferença.
Em 2008, o vencedor deste prémio, um dos mais cobiçados em Itália, foi Paolo Giordano, com o romance A Solidão dos Números Primos, entretanto publicado em Portugal pela Bertrand.
Para finalizar, vejam (ou oiçam) Tiziano Scarpa a ler algumas páginas do seu romance:



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges