Regresso à normalidade

Já há luz, já há posts retroactivos (façam scroll, s.f.f.), já há um princípio de erradicação do súbito caos. Não é ainda a habitual velocidade de cruzeiro, mas é o melhor que se pode arranjar.



Comentários

One Response to “Regresso à normalidade”

  1. Luís Graça on Dezembro 19th, 2008 5:10

    E já é bem bom!

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges