Simonetta na primeira pessoa

Após 40 anos de serviço na Administração Pública, Simonetta Luz Afonso vai reformar-se no final do mês, deixando o Instituto Camões. Em declarações ao Diário de Notícias, dá a entender que sai de consciência tranquila e resume os seus próximos objectivos:

«Vou dedicar-me à família – tenho uma neta de quatro anos que me faz grande companhia –, vou ler os livros que tenho para ler e [fazer] as viagens que tenho para fazer. E cozinhar, um dos meus hobbies»



Comentários

2 Responses to “Simonetta na primeira pessoa”

  1. Rita Pinto on Agosto 30th, 2008 13:50

    Simonetta foi o pior que podia ter acontecido ao Instituto Camões.
    Finalmente vai voltar a respirar-se ar puro no Camões.
    Foram anos de grande bajulice, incompetência promovida, muita e inacreditável ordinarice verbal e não só, um pesadelo…
    Agora só falta afastar os amigos que lá ficam e boa sorte Camões!

  2. Filipe on Setembro 22nd, 2008 15:06

    @Rita Pinto:
    mesmo se no essencial concorde consigo, a ver vamos… se as coisas não ficarem piores… mas também há lá gente competente. No entanto, um novo Camões é necessário!

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges