Torres gémeas

Eis, da forma mais gráfica possível, uma visão da colheita 2008 da Assírio & Alvim.



Comentários

One Response to “Torres gémeas”

  1. Manuel da Mata on Janeiro 29th, 2009 17:42

    Hoje estou frenético (onde é que já ouvi isto? Em Cesário?). Apetece-me comentar tudo. Olho à minha volta e só vejo torres. E inda há bocado trouxe mais três. Invadem-nos tudo, estes gajos!

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges