Uma “história curta (e exemplar)”

Praticante ocasional da micronarrativa, Fernando Venâncio enviou-nos esta miniatura:

Susto

A bebé era linda de morrer. E tão inocente, tão pura! Os pais chamaram-na Flora. Havia lá nome mais merecido?
Quando, semanas depois, a Flora da novela se revelou a vilã, os pais correram, transtornados, ao registo.
Fastidiosas burocracias se seguiram, e algum doce suborno. Mas hoje, num alívio, olham embevecidos, no berço, os bracinhos roliços da Donatela.
Fernando Venâncio



Comentários

2 Responses to “Uma “história curta (e exemplar)””

  1. anita on Fevereiro 10th, 2009 9:31

    :)

  2. lukinhá.xD on Maio 11th, 2009 0:37

    ;D
    mto mass meo
    KKK’
    gosteiu fassa mais dessas xD

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges