Vem aí outro Roberto Bolaño (também póstumo, mas mais pequeno)

A primeira tradução mundial é portuguesa e vai ser editada pela Quetzal no final de Fevereiro.



Comentários

5 Responses to “Vem aí outro Roberto Bolaño (também póstumo, mas mais pequeno)”

  1. Antonio on Janeiro 29th, 2010 16:28

    Por favor, retire o meu endereço de email deste blog.

    António

  2. Antonio on Janeiro 30th, 2010 13:57

    Boa tarde

    Agradeço ao autor do blog que retire o meu endereço de mail. O referido endereço aparece em qualquer comentário sobre os textos publicados.

    albonifacio

  3. fallorca on Janeiro 31st, 2010 17:59
  4. Pedro on Janeiro 31st, 2010 22:57

    Mas é bom?

  5. José Mário Silva on Fevereiro 1st, 2010 11:54

    Antonio,

    Não percebo muito bem a que é que se refere.

    Fallorca e Pedro,

    O livro vai sair em Espanha já no início de Fevereiro e cá no final do mês (ainda não foi traduzido para mais lado nenhum). “Terceiro Reich” é um dos romances inéditos da “arca” de Bolaño, escrito no final da década de 80, antes do escritor ter chegado ao auge das suas capacidades criativas. Não é provável que esteja à altura dos seus melhores livros (“Detectives Selvagens”, “2666”, “Estrela Distante”, etc.), mas neste Bolaño dos primeiros tempos de ficcionista a sério, ainda à procura do seu caminho, já deve haver qualquer coisa do escritor que se tornou depois.
    É, suspeito, um livro para admiradores incondicionais do chileno, como aqueles discos de bootlegs com concertos de bandas famosas, quando elas ainda não eram famosas.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges