Torres de papel (4)

Já só falta uma semana para a Grande Oferta de Livros do Bibliotecário de Babel. E ainda há muitos volumes para tirar das estantes.


Clique para aumentar

Eis mais alguns dos títulos a oferecer:

Efeito Borboleta e outras histórias, de José Mário Silva (ARdoTEmpo, edição brasileira)
O Escriturário Indiano, de David Leavitt (Teorema)
A Feiticeira de Florença, de Salman Rushdie (Dom Quixote)
Primeira República – Do Sonho à Realidade, de António José Telo (Presença)
Nós, os Portugueses, de Maria Filomena Mónica (Quasi)
Pequena História das Cruzadas, de Christopher Tyerman (Tinta da China)
Teatro, de Miguel Torga (Dom Quixote)
Hot Kid, de Elmore Leonard (Teorema)
O Símbolo Perdido, de Dan Brown (Bertrand)
Amanhecer, de Stephenie Meyer (Gailivro)
O Aleph, de Paulo Coelho (Pergaminho)
O Grande Fedor, de Clare Clark (Paralelo 40º)
Sorte do Diabo, de Ian Kershaw (Livros d’Hoje)
Argento-Vivo, de Neal Stephenson (Tinta da China)
Quartos Imperiais, de Bret Easton Ellis (Teorema)
Os Contos de Maldoror, de Lautréamont (Quasi)
Filhos e Amantes, de D.H. Lawrence (Dom Quixote)
A Exploração do Sara, de Jean-Marc Durou (Europa-América)
Porno, de Irvine Welsh (Quetzal)
Consolo e Alegria, de Jim Grimsley (Teorema)
Em Busca do Grande Peixe, de David Lynch (Estrela Polar)
Os Desastres de Sofia, de Condessa de Ségur (Oficina do Livro)
Filosofia da Comunicação, de Jean-Marc Ferry (Fenda)
Diários Secretos de Eva Braun, de Simone Bernard-Dupré (Arcádia)
Churchill, de John Keegan (Tinta da China)
Quem Mexeu no Meu Queijo, de Spencer Johnson (GestãoPlus)
O Futuro do Drama, de Jean-Pierre Sarrazac (Campo das Letras)
De Teatro e outras escritas, de Osório Mateus (Quimera)
Está Tudo na Cabeça, de Alastair Campbell (Bizâncio)
As Bicicletas em Setembro, de Baptista-Bastos (Oficina do Livro)
Os Dias e os Anos (1970-1993), de Marcello Duarte Mathias (Dom Quixote)
Fragmentos de uma Exposição, de Patrick Gale (Bertrand)
A Inquisição – O Reino do Medo, de Toby Green (Presença)
Os Cadernos de Platão, de Peter Ackroyd (Teorema)
A Cidade do Medo, de Pedro Garcia Rosado (ASA)
Camões – Este Meu Duro Génio de Vinganças, de Maria Vitalina Leal de Matos (Arcádia)
O Capitão das Sardinhas, de Manuel Manzano (Ulisseia)
Hidrografia Doméstica, de Gonzalo Castro (Quetzal)
Comer Animais, de Jonathan Safran Foer (Bertrand)
O Retrato de Dorian Gray, de Oscar Wilde (Dom Quixote)



Comentários

5 Responses to “Torres de papel (4)”

  1. M. João on Setembro 18th, 2011 13:52

    Há gente já em contagem decrescente para esta óptima forma de começar um Sábado.

  2. Francisca Prieto on Setembro 19th, 2011 0:40

    Tenha paciência, mas vai ter de me guardar o “Efeito Borboleta” no qual vai pespegar um valente autógrafo.
    É que o Déjà Lu tem o Dia do Livro Autografado onde as licitações sobem a um ritmo mais acelerado do que nos outros leilões e seria um desperdício não aproveitar esta oportunidade.

    Um abraço
    Francisca Prieto

  3. Francisca Prieto on Setembro 19th, 2011 11:48

    PS – Para não parecer uma abusadora, prometo troca surpreendente.

  4. José Mário Silva on Setembro 19th, 2011 12:15

    Combinado, Francisca. E fico curioso com essa surpreendente troca.

  5. Rui on Setembro 20th, 2011 15:47

    Podem-se reservar livros?

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges