Maravilhas da paternidade


(clique para aumentar)

Com o seu desenho-aguarela nas mãos, o Pedro informa-me: «Isto és tu com 11 anos, pai. Tinhas óculos, sabias?» Podia não saber, mas sabia. Tinha óculos e, pelos vistos, nenhum cabelo. Fora isso, está perfeito.



Comentários

2 Responses to “Maravilhas da paternidade”

  1. Ivone Costa on Agosto 27th, 2011 15:44

    Está a ver: dos óculos sabia, mas da ausência de cabelo ficou a saber. Os filhos são sempre o caminho das descobertas.

  2. George Sand on Agosto 27th, 2011 23:28

    São os melhores espelhos do mundo :)

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges