Maravilhas da paternidade

Ao almoço, o Pedro saiu-se com esta: «As antenas de televisão são os chifres das casas, diz o alce.» Do outro lado da mesa, a irmã riu-se às gargalhadas, quase no limite do engasgo. «Oh, Pedro, essa piada é mesmo gira. Pai, por favor, conta a piada do Pedro a todas as pessoas que conheceres.» E eu conto.



Comentários

2 Responses to “Maravilhas da paternidade”

  1. NB on Dezembro 11th, 2011 23:12

    Letras Letrias do José Jorge Letria com ilustração do AndrÉ, conheces?

    Aconselho para o Pedro. Acho que ele vai adorar.
    É um livro cheio de frases fantásticas como essa das antenas.

    Parabéns por essa “imaginação literária”
    NB

  2. Diogo Carvalho on Dezembro 15th, 2011 14:15

    Esse pensamento vem na onda de «Vamos lá imaginar a Cidade do Penteado, onde as casas, pra variar, têm cabelo e não telhado» do Barata Moura.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges