Maravilhas da paternidade

Pedro: Pai, quando é que a crise acaba?
Eu: Não sei, filho. Ninguém sabe.
Pedro: Mas um dia vai acabar, não vai?
Eu: Esperemos que sim.
Pedro: Claro que vai acabar. Se começou, tem de acabar.



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges