Maravilhas da paternidade

De vez em quando, a Alice pede-me o iPad para jogar FIFA11. Ontem, descobriu a solução definitiva para a angústia dos sportinguistas. «Seleccionei o Sporting como a minha equipa e também como a outra equipa. Assim, se ganhar, ganha o Sporting. E se perder, ganha o Sporting. Uma boa ideia, não achas?»



Comentários

One Response to “Maravilhas da paternidade”

  1. Hugo Rocha on Maio 25th, 2012 11:47

    E é certo que perde sempre o Sporting, o que só pode ser bom (mas não lhe diga isso, ela tem tempo para vir a sofrer com bola).

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges