Benoît Mandelbrot (1924-2010)

Morreu Benoît Mandelbrot, o matemático franco-americano que «inventou o termo fractal, para descrever objectos matemáticos fragmentados e irregulares, cuja estrutura se repete a diferentes escalas». A representação gráfica da geometria fractal dá origem a imagens de uma beleza estranha. Como esta:

Para além das projecções teóricas, não faltam objectos fractais na natureza, como as linhas costeiras ou a couve-flor, um exemplo clássico a que o próprio Mandelbrot recorreu na sua conferência TED:

Como homenagem ao grande cientista, publicarei de seguida um conto meu, incluído no livro Efeito Borboleta e outras histórias, em que Mandelbrot é evocado explicitamente.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges