Grande Prémio de Romance e Novela da APE para Julieta Monginho

Em comunicado, a Associação Portuguesa de Autores acaba de anunciar que o Grande Prémio de Romance e Novela APE/DGLB, no valor de 15 mil euros, foi atribuído este ano ao romance A Terceira Mãe, de Julieta Monginho (Campo das Letras).
O júri, constituído por José Correia Tavares (presidente), Ana Marques Gastão, Annabela Rita, Armando Silva Carvalho, Cristina Robalo Cordeiro e Fernando Pinto do Amaral só chegou à decisão final após três reuniões, e por maioria, uma vez que Armando Silva Carvalho e Fernando Pinto do Amaral deram o seu voto ao romance Myra, de Maria Velho da Costa (Assírio & Alvim).
Concorreram ao prémio 101 obras (o «segundo valor numérico mais alto de sempre»), assinadas por 69 homens e 32 mulheres, que as publicaram em 35 editoras diferentes.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges