O estranho caso do historiador que caiu em desgraça no site da Amazon

Ele é Orlando Figes, um dos nomes mais destacados da nova historiografia inglesa e aparentemente um académico acima de qualquer suspeita, mas que na verdade escreveu resenhas críticas no site da Amazon, escondido atrás de pseudónimos, a elogiar os seus próprios livros e a denegrir as obras dos seus rivais. Só lido, contado ninguém acredita.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges