A guerra dos e-readers

Vai ser uma longa guerra, com muitas batalhas entre gadgets cada vez mais sofisticados e baratos. Lutas corpo-a-corpo, preço-a-preço. Para já, como forma de combater o poderio comercial e mediático do iPad, a Barnes & Noble e a Amazon decidiram baixar drasticamente o custo dos seus e-readers: Nook e Kindle, respectivamente.



Comentários

One Response to “A guerra dos e-readers

  1. Paulo Alves on Junho 23rd, 2010 2:13

    …mas é tão redutor apresentar o Ipad como um e-reader…

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges